1.12.08

Jon Brion













Quanto mais não fosse, só pelo fantástico e beatlenesco "Meaningless", um dos discos obrigatórios de 2001, Jon Brion já mereceria um lugar cativo na discografia básica de qualquer pop freak.
Acrescente-se a isto um impressionante currículo como produtor - já lhe passaram pelas mãos Rufus Wainwright, Aimee Mann, Fiona Apple ou Elliott Smitt - ou como compositor de bandas sonoras para filmes de culto como Magnolia, Punch-Drunk Love, Eternal Sunshine of the Spotless Mind ou I ♥ Huckabees.
Ainda não é desta que vamos ter direito a um segundo álbum em nome próprio, mas para compensar, vêm aí três bandas sonoras de enfiada. Uma delas, para o filme Synecdoche, New York (o novíssimo Charlie Kaufman), contém esta pequena preciosidade cantada por Deanne Storey, que Tom Waits não desdenharia ter incluído em "One from the Heart":

Jon Brion - Little Person


site
myspace

1 comentário:

Anónimo disse...

Although we have differences in culture, but do not want is that this view is the same and I like that!
age of conan power leveling